quinta-feira, 5 de abril de 2012

Blitz: Produtor pede ajuda para finalizar documentário

Publicado em Catarse.

O documentário “Mais de três foi o diabo que fez” é fruto do desejo de 2 amigos fanáticos pelo rock dos anos 80 e que queriam contar esse capítulo de uma forma diferente e de um ponto de vista que ainda não havia sido explorado. O caminho escolhido foi entender qual foi o fator que determinou essa verdadeira avalanche. Depois de estudar minuciosamente, achamos o “chute na porta”: “Você não soube me amar” foi a verdadeira anunciação de que uma nova onda estava chegando para ficar pra sempre na história da música brasileira. O documentário então foi estruturado para contar a história da música. Sendo assim, nada melhor do que os próprios autores contarem. Nas filmagens, percebemos que a história da música era muito mais do que imaginávamos, com passagens curiosas, engraçadas e comoventes. Para as filmagens, obtivemos apoio da produtora Matizar que nos emprestou sem nenhum custo os equipamentos. Depois do filme filmado, uma série de detalhes precisam ser zerados para, se tudo der certo, o filme estar figurando em breve nos principais festivais de cinema do Brasil nos próximos meses.

O filme já está sendo amplamente divulgado por diversos meios de comunicação, digitais e impressos, sendo capa do Estado de S. Paulo (Estadão) do dia 18/02/2012, entre outras publicações que nos deixaram muito gratificados, pois estamos produzindo a obra de maneira totalmente independente.

Precisamos de R$10.000 (dez mil reais) para quitar com todas as despesas de produção e poder arcar com os custos das recompensas e as taxas operacionais.

Como será investido o valor?

Apesar do projeto ter despertado grande interesse de veículos de mídia, infelizmente não fechamos com nenhuma empresa patrocinadora. Por isso, contamos com a sua ajuda para finalizar e mostrar esse emocionante capítulo da história da música brasileira.

O valor vai ser investido na aquisição e direito de usar imagens de época da Rede Globo, através de sua terceirizada, a Conteúdo Expresso. Usaremos também no pagamento de direitos de uso da canção para as editoras Warner, Universal, EMI e Copyright. Além disso, precisaremos de serviços de edição e finalização de áudio, colorista e finalização de edição.

Estamos nos dedicando de corpo e alma para poder colocar esse filme na rua e poder mostrar para o Brasil esse incrível capítulo da história da nossa música.

Conheça mais sobre o projeto




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...