terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Cálix - Canções de Beurin [2000]



Por Del Valério

Com 10 anos de carreira, o Cálix é uma das bandas de maior importância no cenário musical brasileiro, tanto como banda de rock como de música popular brasileira. Já vendeu mais de 10 mil cópias de seus dois álbuns, "Canções de Beurin", de 2000 e "A Roda", de 2002 (falarei desse em breve).

Apesar de ter recebido vários prêmios relacionados ao gênero rock progressivo e de ter se destacado em muitos festivais como uma das melhores bandas do país, o Cálix ainda tem pouco reconhecimento nacional. Em Belo Horizonte, onde a banda surgiu, o grupo vende todos os ingressos de seus shows, mas ainda assim não é considerada uma banda "popular". Apesar disso, quando se trata do cenário musical internacional, a história muda.

Com álbuns vendidos na Europa, Ásia, Estados Unidos e América Latina, o Cálix alcançou um bom reconhecimento internacional, sendo comparado, certa vez, por um jornal inglês, à banda Jethro Tull, do flautista maluco Ian Anderson. A banda foi chamada pelo mesmo jornal de "Jethro Tull brasileiro".

Também, não era para menos. No primeiro álbum da banda, "Canções de Beurin", já na primeira faixa, "Dança com Devas", o flautista Renato Savassi abre a música com uma introdução de solo de flauta que se aproxima muito do que o flautista escocês faz em suas próprias composições. Com notas ágeis e muitos golpes de língua que acentuam a agressividade típica do estilo inventado por Rahsaan Roland Kirk. E a música não é parecida somente nos solos de flauta, mas também nos arranjos que lembram muito o que Ian Anderson adota em suas músicas, com instrumentos atípicos do rock, tais como bandolim e citara.

A faixa-título do álbum, "Canções de Beurin" não conta com solos de flauta e solos de citara, mas é uma das músicas que mais fazem sucesso no cenário do rock progressivo. E é exatamente isso o que ela é. Um dos melhores e mais bem feitos trabalhos da banda, que mescla uma letra triste de fantasia épica medieval com links e solos de guitarra que lembram muito os solos do guitarrista do Pink Floyd, David Gilmour.

Nenhum comentário:

Postar um comentário