quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Raul Seixas - Abre-Te Sesamo [1980]

Download


Por Anderson Nascimento
Publicada em 10 de junho 2011 no Galeria Musical

Enquanto que os anos oitenta foram cruéis para artistas consagrados dos anos sessenta e setenta, para Raul Seixas, porém, a nova década se iniciava como uma boa oportunidade de resgatar o som que o colocou como um dos principais artistas de nossa música na década que acabava de findar.

Os insucessos de seus dois últimos álbuns, “Mata Virgem” e “Por Quem os Sinos Dobram”, fizeram com que Raul, recém-contratado pela CBS, desta vez como artista e não como produtor, investisse pesado em sua criatividade e lançasse um álbum que o trouxesse de volta. Para isso algo precioso na obra de Raul deveria voltar ao seu som, o Rock. 

A palavra mágica “Abre-te Sésamo” que dá nome ao disco, é uma espécie de grito redentor para a nova década que estava se iniciando, um renascimento na carreira de Raul, conduzida por uma canção que se aquilata com os velhos Rocks do artista.

E é baseado no Rock and Roll que o disco figura, trazendo canções de pegada roqueira, letras ácidas, anárquicas e de duplo sentido, casos de “Aluga-se” e “Rock das Aranhas” - que inclusive foram censuradas na época - além da participação especial de um jovem guitarrista chamado Celso Blues Boy.

Ainda que ecos do passado se apossem de quase todo o álbum, Raul sabiamente enxerga na nova década um alvorecer, e, de forma contundente, dá a sua versão na canção “Anos 80” para o que ele espera do que seria a sua última década com vida – “...melancolia e promessas de amor...anos 80, de esperança, sonho de um sonhador”.

Raul sabe ser lírico e encanta com a poesia “Angela”, feita pela sua então esposa Kika Seixas, e “Baby”, uma delonga em prol de uma adolescente de treze anos florescendo precocemente a sua sexualidade.

Além das músicas mais badaladas, o disco também conta com a divertida “Conversa Pra Boi Dormir”, com a psicodélica “O Conto do Sábio Chinês”, as regionais “Minha Viola” e “A Beira do Pantanal”, e a co-irmã de “Mosca na Sopa”, “É Meu Pai”.

Por mais que a sua saúde já não fosse mais a mesma, o álbum traz um Raul inteiro, cheio de vida, e com muita vontade de criar um álbum nos moldes de seus maiores êxitos. Ainda assim o álbum não vendeu o esperado, não houve muito interesse na promoção do disco por parte da gravadora, com reclamou o próprio Raul, além de a gravadora chegar ao cúmulo de pedir que Raul compusesse uma música para Lady Diana, o que o fez pedir a sua rescisão de contrato e pular fora, ficando novamente sem gravadora.

“Abre-te Sésamo” é notadamente um álbum que segue uma fórmula que deu muito certo anos atrás em sua carreira, incluindo Rocks, baladas, popular e até regionalismo. Ainda que o álbum não tenha o devido reconhecimento de sua importância, o disco dá uma aula de Rock e, no fim das contas, mostra que Raul acabou criando um de seus melhores álbuns, como ele mesmo o considerava, deixado então como legado de uma carreira repleta de altos e baixos.

4 comentários:

  1. O Link para download está inativo.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo texto elucidativo, é realmente um grande álbum, o competentíssimo e amante da musica Charles Gavin deveria remasterizar toda a discografia de Raul Seixas, ele é um dos melhores, senão for o melhor pra esse tipo de situação, já que as gravadoras nacionais a anos pecavam pela qualidade sonora. E costumo baixar álbuns em formato Flac importado ou ripado do cd, por que o mp3 corta frequências. Viva Raul, Viva Sociedade Alternativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boas. Tenho dado preferência a arquivos FLAC, mas não difíceis de achar.

      Excluir