quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Quaterna Réquiem - Velha Gravura [1992]



Por Marco

Gravado em 1990 e lançado dois anos depois, “Velha gravura” foi o primeiro álbum do Quaterna Réquiem, uma banda do Rio de Janeiro, liderada por Elisa Wiermann e Cláudio Dantas. Neste disco, completamente instrumental, predominam o teclado de Elisa e violino de Kleber Vogel, num estilo próximo a Camel e ELP. Os destaques, na minha opinião, vão para “Ramoniana”, em que há uma bela flauta, tocada por Roberto Meyer, e a faixa-título, com um solo melancólico de Kleber. Depois desse álbum, Kleber saiu da banda, o que foi uma perda considerável. Apesar de bom, o disco seguinte, “Quasímodo”, não chega aos pés deste aqui. Felizmente, parece que Kléber voltou à banda e, portanto, podemos esperar mais uma obra-prima para o próximo álbum. Considero este disco uma das obras-primas do progressivo nacional e recomendo a todos. Como curiosidade, a capa, belíssima, foi desenhada pelo baterista Cláudio Dantas.
Formação para Velha Gravura:
Elisa Wiermann - piano, teclados
Kleber Vogel - violino
Jones Júnior - guitarra, violão
Marco Lauria - baixo
Cláudio Dantas - bateria, percussão
Adauto Vilarinho - oboé
Roberto Meyer - flauta

Nenhum comentário:

Postar um comentário