terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Beach Combers - Na Brasa - Volume 1 [2011]

Zippyshare 320kbps


Por Chico no Sintonia Musikal

Não se deixe enganar pela capa que remete a de bandas como Iron Maiden e outras de heavy metal, apaixonadas por caveiras e letreiros fantasmagóricos nos discos. O conteúdo deste primeiro – e único, até o momento – volume do “Na Brasa”, CD gravado pelos Beach Combers, é de genuína Jovem Guarda. Em contraste com a folia de Momo, que rolava pelas ruas e avenidas do Rio, o grupo se reuniu durante o carnaval de 2011 no Estúdio 82, localizado na Lapa, para produzir e gravar este álbum, segundo informa o site da banda. Foram registradas 13 versões instrumentais de clássicos do movimento que (completará 50 anos no mês que vem) completou 50 anos no dia 22 de agosto de 2015, dia da estreia do programa comandado pelo Roberto Carlos na TV Record.

A maioria das músicas - seis no total - é do repertório do Roberto Carlos, como "É proibido fumar" e "Quero que vá tudo pro inferno". Um dos destaques é o cover de “O milionário”, hit d’Os Incríveis, ainda insuperáveis nessa música. A curiosidade é “Nossas botas foram feitas para andar”, versão de “These boots are made for walking”, e gravada no Brasil pela Sonny Delane (postada aqui), entre outras. A única fora do universo musical da Jovem Guarda é “Um lugar do caralho”, de Júpiter Maçã, também gravada pelo grupo Kynna, com vocal da Lílian Knapp (ex-Leno & Lilian).

Trio carioca de Beat Music gravou este CD durante o carnaval de 2011
O trio carioca de Beat Music (Surf / Garagem / Psicodelia / Instrumental), do circuito independente, é formado por Bernar Gomma (guitarra), Guzz The Fuzz (baixo) e Lucas Leão (bateria). Neste CD, que foi liberado para download gratuito, os músicos contaram com a participação de Paoli, no órgão, pra dar o toque “lafayetteano” no disco, mixado e produzido pelo organista durante o carnaval. Este é o segundo álbum do trio, sendo que o primeiro é o EP homônimo, de 2010. O terceiro e mais recente, "Ninguém segura os Beach Combers" (2012), foi prensado em vinil na Alemanha e postado (ontem) no blog Por trás da vitrola, mas a ordem agora é curtir "Na Brasa". Confira:


01 – Intro 
(Beach Combers)
02 - Você não serve pra mim
(Renato Barros)
03 – Quando
(Roberto Carlos)
04 - Quero que vá tudo pro inferno
(Roberto Carlos – Erasmo Carlos)
05 - Namoradinha de um amigo meu
(Roberto Carlos)
06 - Eu te darei o céu
(Roberto Carlos – Erasmo Carlos)
07 - É proibido fumar
(Roberto Carlos – Erasmo Carlos)
08 - The millionaire (O Milionário)
(Mike Maxfield)
09 - Pobre menina (Hang on Sloopy)
(Russel – Farrell)
10 - Nossas botas foram feitas para andar (These boots are made for walking)
(Lee Hazlewood)
11 - Meu bem (Girl)
(Lennon – McCartney)
12 - Silvia 20 horas domingo
(Tom Gomes – Luis Vagner)
13 – Um lugar do caralho
(Flávio Basso, o Júpiter Maçã)
14 - Vem quente que estou fervendo
(Carlos Imperial – Eduardo Araújo)

2 comentários:

  1. Muito obrigado pela parte que me toca. Sinto-me privilegiado por ver o texto de apresentação do CD acima, devidamente creditado, neste valioso espaço. Parabéns pela iniciativa de repostá-lo em momento tão oportuno. Se me permite, tomo a liberdade de transformá-lo numa homenagem póstuma ao Júpiter Maçã, mencionado como autor da música “Um lugar do caralho”, incluída no repertório dos Beach Combers.

    O músico gaúcho Flávio Basso (nome de batismo do Júpiter Maçã) morreu ontem, 21, aos 47 anos, infelizmente. Fontes próximas ao cantor afirmam que ele sofreu uma queda em casa e não resistiu aos ferimentos. Consta que, em sua trajetória, o artista já passou por internações devido ao uso abusivo de álcool e drogas.

    Quanto ao texto acima, por ser datado, requer duas atualizações: o cinquentenário da Jovem Guarda aconteceu em 22 de agosto – dia da estreia em 1965 do programa comandado pelo Roberto Carlos na TV Record – e não “completará 50 anos no mês que vem”. A segunda atualização, no final do texto, diz respeito ao “Por trás da Vitrola”, que postou o CD “Ninguém segura os Beach Combers” em 27 de julho último, e não ontem, como informa o texto, redigido em 28 de julho de 2015.

    De resto, é só renovar o agradecimento pela gentileza que me concede, e desejar a você e a todos os seguidores do blog um Feliz Natal e um Ano Novo com muita saúde e prosperidade. Um brinde pela vida longa ao Por Trás da Vitrola!

    Abraços

    Chico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço por você nos presentar com seu blog.
      As atualizações sugeridas foram postadas.

      Sobre Júpiter Maçã, posso dizer que não é um dos artistas que acompanho mas reconheço sou importância. A maior homenagem que um sujeito como eu pode dar, e dou, e colocá-lo na minha trilha sonora que sempre curto em dias que quero tomar uma cachaça dançando sozinho na cozinha. O TOP 3 dessa trilha está "Mestre Jonas" do Zé Rodrix, "Lucy Jones da banda Identidade e a citada "Um Lugar do Caralho".

      R.I.P. Júpiter Maçã.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...