segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Anjo Gabriel - Lucifer Rising [2013]

Download 128kbps


Por Ricardo Seelig em Collectors Room

Interessante o segundo passo dado pela banda pernambucana Anjo Gabriel. Após lançar em 2010 o seu primeiro disco, o excelente e justamente aclamado O Culto Secreto do Anjo Gabriel, o quarteto formado por Cristiano Ras (guitarra e voz), André Sette (teclado, theremin, flauta e voz), Marco da Lata (baixo e voz) e CH Malves (bateria) ousa em seu segundo álbum. Batizado como Lucifer Rising, o trabalho é uma trilha alternativa para o filme homônimo do cineasta norte-americano Kenneth Anger, película essa que contou com a participação ativa de Jimmy Page (como você sabe, a cabeça do Led Zeppelin) na produção executiva e também na composição de sua trilha sonora original. Porém, devido a desentendimentos entre Page e Anger, o guitarrista inglês abandonou o projeto e manteve as músicas que havia composto inéditas por décadas, lançando-as apenas em 2012 em um LP vendido somente através de seu site oficial.

O que o Anjo Gabriel faz no seu segundo disco é imaginar uma nova trilha para o filme de Kenneth Anger, em um caminho sonoro que não tem nada a ver com o proposto por Page. A ideia para o projeto surgiu em 2010, na mostra Play the Movie, realizada durante o festival No Ar Coquetel Molotov, em Recife, onde as bandas eram convidadas a imaginar uma trilha sonora para determinados filmes. O resultado ficou tão bom que a banda resolveu fazer desta experiência o seu segundo disco.

Lucifer Rising é um álbum curto, com duração de pouco mais de 30 minutos. São duas suítes instrumentais, cada uma em um dos lados do vinil. O lado A conta com uma composição de mais de 18 minutos e que apresenta elementos do rock progressivo e jazz fusion mesclados ao hard lisérgico característico do Anjo Gabriel. Já o lado B traz uma faixa com 12 minutos de duração e que mostra o lado mais pesado da banda, tendo a guitarra de Cristiano Ras em primeiro plano.

Evidentemente, a experiência só fica plenamente completa ao colocar para rodar, simultaneamente, o disco e o filme de Anger. Dessa maneira, é possível visualizar em sua plenitude o que o Anjo Gabriel fez, guiando a sua música conforme as nuances e climas apresentados nas cenas. No entanto, a música sobrevive plenamente e anda com as próprias pernas sem a associação com a obra cinematográfica.

Surgindo um pouco mais madura e menos psicodélica do que no seu disco de estreia, a banda mostra em Lucifer Rising o porque de ser considerada, tanto pela crítica quanto pelo público, um dos grandes nomes do rock brasileiro. Os arranjos presentes neste segundo disco atestam isso, com lindas passagens instrumentais e trechos que mesclam agressividade, peso e até uma certa melancolia. O Anjo Gabriel avança em Lucifer Rising, reafirmando a qualidade de sua música e o quão diferenciada ela é na cena brasileira.

Fechando o pacote, a arte gráfica é de cair o queixo. A bela capa, criada por Thiago Trapo, traduz a sensação transmitida ao ouvir o álbum. E o design de todo o projeto, assinado por Camilo Maia, torna essa experiência ainda mais efetiva, em uma belíssima capa dupla.

Há que se mencionar também a decisão da banda de lançar Lucifer Rising, em um primeiro momento, apenas no formato vinil. O tipo de som que o grupo faz ganha outra dimensão ao ser degustado em LP, com a música tomando formas e cores muito mais evidentes. A prensagem em 180 gramas, excelente e feita fora do Brasil, também merece destaque, com uma qualidade sonora digna da obra dos pernambucanos.

Por tudo isso, Lucifer Rising é um item indicadíssimo para quem curte rock de primeira linha. Há pouquíssimas bandas brasileiras fazendo um som como esse, e, dentro desse universo, há apenas o Anjo Gabriel entregando uma música tão bela, mágica e contundente quando a que está não apenas em Lucifer Rising, mas também em seu trabalho anterior.

Procure o significado de excelente no dicionário: todos os sinônimos são perfeitamente aplicáveis a Lucifer Rising.

Nota 9

Faixas:
A - Lucifer Rising Part I
B - Lucifer Rising Part II

5 comentários:

  1. Maravilhosa banda, de causar inveja às gringas, tão aclamadas por nós..conhecia o "Culto Secreto" que já tinha me impressionado pela qualidade e criatividade, e agora este segundo álbum só confirma a excelente primeira impressão....NORA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nora, eu acredito piamente que o rock nacional vive um momento espetacular, talvez o melhor.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...