sábado, 20 de agosto de 2011

Abilolado Mundo Novo (2011) por Carlos Maltz




Livro escrito pelo psicólogo, astrólogo, ex-baterista e fundador do Engenheiros do Hawaii, Carlos Maltz a ser lançado em 27 de novembro. Abaixo segue uma pequena entrevista com o autor sobre o livro.

"1 - Fale sobre a origem do livro. De onde surgiu a necessidade de escrevê-lo, como surgiram o personagens e se são reais ou fictícios.

Bem, eu saí dos "ENGENHEIROS DO HAWAII" e do mundo-do-pop em 1995. Durante algum tempo, tive uma outra banda, chamada "IRMANDADE INTERPLANETÁRIA", e tentei me manter naquela vida que eu conhecia. Mas a Irmandade não decolou, nenhuma gravadora se interessou pelos nossos discos que falavam de ET's, vida espiritual, reencarnação, Astrologia... Hehehehe... Lá por 1998 eu estava completamente falído financeira e espiritualmente. Em 1999 me mudei para Brasília, fui morar no meio do mato, e resolvi deixar aquela vida de pop-star definitivamente para trás. Mas os fãs não largavam do meu pé. Os "Engenheiros do Hawaii" foram uma das bandas que mais teve fãs clubes, coisas do gênero. Nosso público era fiél, nos via como referências, se interessava pelas nossas idéias. Lá por volta de 2000, eu percebí que não tinha como me livrar dos caras, e que isso vem fazer parte dessa minha vida, enquanto ela durar. Criei então uma comunidade de discussão na Internet: a COM-UNIDADE-1-MANOS. No princípio, eram só fãs da banda, mas depois, não sei explicar como nem por quê, começou a aparecer um monte de gente bem legal, a fins de discutir coisas bem interessantes. Os papos-pop eram incríveis. Altos assuntos filosóficos e talz discutidos naquele formato de chat, de uma maneira super original. O chat não é chato, e a Filosofia virou Pop. Derrepente olhei para aquilo e pensei: rapaz, isso nasceu espontâneamente e é genial, mais pessoas deveriam ler essas conversas, talvez isso possa despertar o interesse de muitos jovens para assuntos que eles não conhecem. Comecei então a pensar em escrever o livro. Mas como fazê-lo, como reproduzir o ambiente e a espontaneidade dos diálogos? Eu precisava dos caras, pra discutir comigo... Fiz então um sorteio de números aleatórios, que geraram datas. Fixei apenas o ano, para que os caras tivessem por volta de vinte anos de idade, e com as datas, gerei mapas astrológicos. Colei aqueles mapas na parede, e comecei a conversar com aqueles caras. Já sou astrólogo profissional há muitos anos, quando olho um mapa, é como se estivesse diante de uma pessoa. E aquelas pessoas fictícias ganhavam vida. Sim, eles incorporavam características psicológicas e opiniões muitas vezes semelhantes ás pessoas da COM-UNIDADE... Eles eram como uma colcha de retalhos das pessoas reais da COM-UNIDADE... Mas eram outras pessoas, eram as pessoas que os mapas geraram... Começaram a criar vida própria, opiniões, personalidades próprias... Os nick-names... Alguns vieram da COM-UNIDADE, outros nasceram espontâneamente... Esses caras começaram a falar dentro da minha cabeça... Teve momentos que eu achei que estava ficando maluco, "Abilolado", hehehehe... E os diálogos iam brotando sozinhos, jorrando da minha mente para o teclado do computador... Algumas pessoas que leram o livro se surpreenderam com a espontaneidade dos diálogos, mas a verdade é que foi assim mesmo que eles surgiram... A coisa saiu do meu controle...

2 - O que é ser "Abilolado"?

Ser abilolado é ser "tantã-light"... hehehehe.... Segundo a máxima caetânica, de que "de perto ninguém é normal", nós somos todos meio abilolados... Ser abilolado, é ser meio doido, nesse mundo completamente louco em que vivemos, para não ficar biruta-de-vez...hehehehe... Ser meio-doido, num mundo completamente louco, para não ficar biruta-de-vez...hehehehe...

3 - Quais os pontos em comum com Admirável Mundo NOvo de Aldous Huxley? Tem algo em comum que vá além do título?

Aldous Huxley é um dos maiores pensadores do século XX, infelizmente, apesar do reconhecimento da sua inteligência superior, ele ainda não é totalmente compreendido, por ainda estar na frente. O Admirável Mundo Novo de Huxley é uma obra prima visionária. Huxley descreveu na década de trinta do século passado, exatamente o que está ocorrendo hoje. Mas o grande lance do livro não é a coisa tecnológica/tecnocrática e talz, que é o que , em geral, as pessoas mais destacam na obra. A grande sacada de Huxley, é a descrição de uma humanidade covarde, desumanizada, que foge do amor e da vida que nem o diabo foge da cruz. Essa mesma humanidade da qual nós todos fazemos parte agora, no começo do século XXI. O "ABILOLADO MUNDO NOVO" em que nos encontramos agora. O Admirável mundo novo é a pré-visão. O Abilolado Mundo Novo é a realidade.

4 - A quem se destina o livro.

O livro se destina a todos nós que estamos de saco cheio dessa vidinha de m.... que estamos vivendo nesse momento. Ricos ou pobres, vivemos todos num mundo cheio de tralhas tecnológicas e sem encantamento. Um mundo velho e cansado, com cara de novidade, mas sem idéias realmente novas. Sem vergonha na cara, sem amor, sem brilho. o "Abilolado Mundo Novo". O livro se destina a todos nós, jovens ou nem tanto, que já nos demos conta que estamos vivendo o naufrágio de um Titanic pesado e frágil que foi á pique sem dó nem piedade, pela febre da ganância, e pela falta de humildade. Todos nós que já percebemos que estamos vivendo o fim DE UM mundo, e o começo de outro, que ainda não sabemos o que é."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...